20/11/2021 22:45:41
Electronic Arts diz que ainda não decidiu se irá manter o nome FIFA para seu jogo de futebol para 2022
Ainda no meio de uma disputa, a 2K da Take-Two pode acabar agarrando o nome e marca FIFA para si


Em uma entrevista concedida por David Jackson ao Financial Times, o vice-presidente da marca EA Sports FIFA discutiu sobre a guerra que está ocorrendo entre a Electronic Arts e as maiores entidades do futebol mundial para evitar a provável mudança de nome de FIFA 23 e a transferência de licenças para outras empresas.

O executivo da Electronic Arts mencionou as negociações sendo feitas entre a EA e a Federação para o FIFA 23 e os próximos capítulos de sua série de futebol, reafirmando a posição da empresa e destacando como a situação se arrasta por tempo suficiente para se transformar em uma muito real e própria "disputa amarga".

Sem tirar qualquer conclusão, Jackson aproveita a oportunidade que lhe é oferecida por repórteres do Financial Times para se atualizar sobre o estado atual das negociações, declarando que:

“Não temos certeza se continuaremos com a FIFA como parceiro pelos direitos relacionados a a nomenclatura de nossos produtos... Mas nossa série de videogames FIFA possui um número incrível de fãs. Temos tantos jogadores e não vemos por que isso deve mudar no futuro."

De acordo com Jackson portanto, o cabo de guerra que está ocorrendo entre os dirigentes da FIFA e os executivos da Electronic Arts não deve afetar o trabalho que os desenvolvedores do próximo capítulo da série de futebol produzida pela EA Vancouver estão fazendo para o próximo ano.

Isso acontece porque a Federação não quer mais que o nome FIFA e jogos de futebol de sua marca em geral fiquem presos apenas a uma editora/desenvolvedora de jogos, o que desagradou totalmente a Electronic Arts, que foi a única empresa usando o nome por mais de 20 anos.

Enquanto isso, nas últimas semanas a própria Electronic Arts decidiu se proteger de uma queda depositando os direitos da marca 'EA Sports FC' nos EUA e no UK, ja se prevenindo para caso as negociações com a Federação levem ao fim de FIFA pela Electronic Arts, considerando a tensão atual e a possível passagem da licença para outras gigantes do setor, como almeja os acionistas da Take-Two Interactive, donos da 2K e seu selo 2K Sports.


Visualizações: 38
Curta a página da Game Overx no Facebook.


Noticias relacionadas!
Ultimas noticias!
Noticias relacionadas!
Ultimas noticias!
Comentários (0)
Precisa estar logado para fazer comentários

| Esqueceu a senha?


Feito a mão, mais feito com
Game Overx 2020 © 2021