15/11/2021 13:45:42
Primeiro vídeo do YouTube é atualizado para protestar contra fim dos ‘dislikes’
‘Me at the zoo’ recebeu uma nova descrição criticando a plataforma


O primeiro vídeo do YouTube foi carregado pelo cofundador Jawed Karim em 23 de abril de 2005. Aquele clipe de 18 segundos “Me at the zoo” agora contém um protesto contra a decisão do YouTube de não mais mostrar publicamente a contagem de deslikes.

Quando todo YouTuber concorda que remover os deslikes é uma ideia estúpida, provavelmente é. Tente novamente, YouTube 🤦‍♂️

A mudança foi notada pela primeira vez na manhã de sábado, e foi precedida por comentários de Karim (via Reddit) no vídeo “Update to Dislike Count do YouTube” quando anunciaram esta mudança.

Quando o site foi lançado no início de 2005, Karim não era oficialmente um funcionário, mas um consultor informal - visto que ele estava “focado na escola”. Dito isso, suas ações ainda valiam cerca de US $ 64 milhões após a aquisição do Google.

Esta não é a primeira vez que o cofundador critica uma mudança no YouTube usando seu canal, que também é o primeiro no site. Em 2013, ele foi muito crítico sobre a necessidade de uma conta do Google+ para comentar os vídeos.

Enquanto isso, a descrição do YouTube para “Me at the zoo” foi atualizada várias vezes. No início, dizia:

O primeiro vídeo no YouTube, carregado às 8:27 PM no sábado, 23 de abril de 2005. O vídeo foi filmado por Yakov Lapitsky no Zoológico de San Diego.

Ao longo dos anos, ele foi usado para promover a "Parte 2", embora tenha sido notoriamente hackeado em 2019.

Por sua vez, o YouTube afirma que a mudança tem como objetivo causar uma “redução no comportamento antipático de ataque”. Os criadores podem ver a contagem completa no YouTube Studio, mas os usuários não podem mais usá-la como métrica para determinar se devem ou não assistir as coisas, personalidades proeminentes se manifestaram contra a mudança, enquanto alguns - incluindo “criadores menores” - são receptivos à mudança.

Ouvimos dizer que você pode não concordar com essa decisão, mas acreditamos que essa é a coisa certa a se fazer para a plataforma.

Os usuários finais por enquanto ainda podem dar dislikes suas recomendações e ver a contagem completa de curtidas. A remoção está sendo "implementanda gradualmente".

FONTE: 9TO5GOOGLE

Visualizações: 78
Curta a página da Game Overx no Facebook.


Noticias relacionadas!
Ultimas noticias!
Noticias relacionadas!
Ultimas noticias!
Comentários (0)
Precisa estar logado para fazer comentários

| Esqueceu a senha?


Feito a mão, mais feito com
Game Overx 2020 © 2022