Postado dia 30/11/2021 11:51:32
Jack Dorsey não é mais CEO do Twitter
Executivo declarou que empresa deve seguir além da visão de seus fundadores


Nesta segunda-feira (29), Jack Dorsey anunciou que não é mais CEO do Twitter, e que deixará a companhia oficialmente por volta de maio de 2022, quando sairá da diretoria da companhia de redes sociais.

Parag Agrawal, veterano de 10 anos da companhia e que servia como chefe de tecnologia desde 2017, foi eleito unanimemente pelo Conselho Diretor para assumir o cargo de CEO da empresa, efetivo a partir de hoje.

"Decidi deixar o Twitter porque acredito que a companhia está pronta para seguir em frente de seus fundadores", declara Dorsey no anúncio oficial de sua saída. "Minha confiança em Parag como CEO do Twitter é completa. Seu trabalho nos últimos 10 anos tem sido transformativo. Seu profundamente grato por sua habilidade, coração e alma. É seu tempo de liderar."

"Quero agradecer a diretoria por sua confiança em minha liderança e Jack por sua contínua mentoria, apoio e parceria", declarou Agrawal. "Estou ansioso para construir sob tudo que conquistamos sob a liderança de Jack, e estou incrivelmente energizado pelas oportunidades a seguir. Ao continuarmos a melhorar nossa execução, traremos tremendo valor a nossos consumidores e acionistas ao reformularmos o futuro do discurso público."

Em seu próprio Twitter, Dorsey publicou uma carta expandido sobre sua renúncia do cargo e futura saída da companhia.

"Há muita discussão sobre a importância de uma companhia ser 'liderada por fundadores'", escreveu. "No fim, considero isso extremamente limitador, e um ponto singular de fracasso. Trabalhei com afinco para garantir que essa companhia possa se separar de sua fundação e fundadores."

Ele também voltou a exaltar Agrawal como seu sucessor.

"Parag esteve por trás de cada decisão crítica que ajudou a reerguer esta companhia. Ele é curioso, inquisitivo, racional, criativo, exigente, ciente de si mesmo e humilde", escreveu.

Além de Agrawal, Bret Taylor assumirá o papel de chefe do Conselho Diretor do Twitter.

"Parag é CEO a partir de hoje. Eu vou servir no Conselho até o fim do meu mandato (por volta de maio) e ajudar Parag e Bret com a transição. E depois disso... eu deixarei a diretoria. Por que não ficar ou virar o líder dela? Eu acredito ser muito importante dar espaço para Parag que ele precisa para liderar. E voltando ao meu ponto anterior, acredito que seja crítico para uma companhia se manter por conta própria, livre da influência e direção de seus fundadores."

Dorsey reforça que a decisão de deixar a companhia foi feita "por conta própria" e que foi "difícil" fazê-la, mas que sabe que "provaremos que essa foi a decisão certa".



Jack Dorsey fundou o Twitter em 2006 junto de Noah GlassBiz Stone e Evan Williams, servindo como CEO entre 2006 e 2008 e posteriormente entre 2015 e 2021. Durante este período, sua imagem tem sido fortemente associada à identidade da rede social, estando inclusive no meio de diversas controvérsias quanto a políticas e controle da plataforma, especialmente relacionado a movimentos de extrema direita e discursos de ódio.

Uma reunião interna será realizada nesta terça (30) para discutir os próximos passos da companhia.

Visualizações: 251


Curta a página da Game Overx no Facebook.


Ultimas Noticias!
Noticias Relacionadas!
Comentários (0)
Precisa estar logado para fazer comentários

| Criar uma conta grátis!


Feito a mão, mais feito com
Um cafezinho para Game Overx
Game Overx 2020 © 2022
Politica de Privacidade | Termos de Uso


Postado dia 30/11/2021 11:51:32
Jack Dorsey não é mais CEO do Twitter
Executivo declarou que empresa deve seguir além da visão de seus fundadores


Nesta segunda-feira (29), Jack Dorsey anunciou que não é mais CEO do Twitter, e que deixará a companhia oficialmente por volta de maio de 2022, quando sairá da diretoria da companhia de redes sociais.

Parag Agrawal, veterano de 10 anos da companhia e que servia como chefe de tecnologia desde 2017, foi eleito unanimemente pelo Conselho Diretor para assumir o cargo de CEO da empresa, efetivo a partir de hoje.

"Decidi deixar o Twitter porque acredito que a companhia está pronta para seguir em frente de seus fundadores", declara Dorsey no anúncio oficial de sua saída. "Minha confiança em Parag como CEO do Twitter é completa. Seu trabalho nos últimos 10 anos tem sido transformativo. Seu profundamente grato por sua habilidade, coração e alma. É seu tempo de liderar."

"Quero agradecer a diretoria por sua confiança em minha liderança e Jack por sua contínua mentoria, apoio e parceria", declarou Agrawal. "Estou ansioso para construir sob tudo que conquistamos sob a liderança de Jack, e estou incrivelmente energizado pelas oportunidades a seguir. Ao continuarmos a melhorar nossa execução, traremos tremendo valor a nossos consumidores e acionistas ao reformularmos o futuro do discurso público."

Em seu próprio Twitter, Dorsey publicou uma carta expandido sobre sua renúncia do cargo e futura saída da companhia.

"Há muita discussão sobre a importância de uma companhia ser 'liderada por fundadores'", escreveu. "No fim, considero isso extremamente limitador, e um ponto singular de fracasso. Trabalhei com afinco para garantir que essa companhia possa se separar de sua fundação e fundadores."

Ele também voltou a exaltar Agrawal como seu sucessor.

"Parag esteve por trás de cada decisão crítica que ajudou a reerguer esta companhia. Ele é curioso, inquisitivo, racional, criativo, exigente, ciente de si mesmo e humilde", escreveu.

Além de Agrawal, Bret Taylor assumirá o papel de chefe do Conselho Diretor do Twitter.

"Parag é CEO a partir de hoje. Eu vou servir no Conselho até o fim do meu mandato (por volta de maio) e ajudar Parag e Bret com a transição. E depois disso... eu deixarei a diretoria. Por que não ficar ou virar o líder dela? Eu acredito ser muito importante dar espaço para Parag que ele precisa para liderar. E voltando ao meu ponto anterior, acredito que seja crítico para uma companhia se manter por conta própria, livre da influência e direção de seus fundadores."

Dorsey reforça que a decisão de deixar a companhia foi feita "por conta própria" e que foi "difícil" fazê-la, mas que sabe que "provaremos que essa foi a decisão certa".



Jack Dorsey fundou o Twitter em 2006 junto de Noah GlassBiz Stone e Evan Williams, servindo como CEO entre 2006 e 2008 e posteriormente entre 2015 e 2021. Durante este período, sua imagem tem sido fortemente associada à identidade da rede social, estando inclusive no meio de diversas controvérsias quanto a políticas e controle da plataforma, especialmente relacionado a movimentos de extrema direita e discursos de ódio.

Uma reunião interna será realizada nesta terça (30) para discutir os próximos passos da companhia.


Visualizações: 251
Siga a página da Game Overx no Twitter.



Noticias relacionadas!
Ultimas noticias!
Noticias relacionadas!
Ultimas noticias!
Comentários (0)
Precisa estar logado para fazer comentários

| Esqueceu a senha?


Feito a mão, mais feito com
Um cafezinho para Game Overx
Game Overx 2020 © 2022
Politica de Privacidade | Termos de Uso